Uma dúvida que ronda a cabeça da maioria dos donos de negócios gastronômicos – como restaurantes, cafés, bistrôs, mercados, bares, pontos cervejeiros, pubs…