Você provavelmente já ouviu falar do termo Inbound Marketing e deve se perguntar como poderia ser aplicado a sua empresa de tecnologia, certo? É isso que vamos detalhar a seguir de maneira clara e direta. Esse conceito diz respeito a uma forma de comunicação que é oposta ao marketing tradicional, o Outbound Marketing.

Ao invés de ter como foco a propaganda direta, que muitas vezes cansa o possível cliente ou consumidor, investe-se no relacionamento – tanto que a tradução livre do conceito poderia ser “marketing de atração”. Mas como se daria essa atração? Por meio de conteúdos novos, interessantes, e que acrescentem algo novo ao cliente. Há muito mais sutileza nessa forma de marketing ao invés da agressividade da propaganda comum.

O Inbound Marketing é realizado especialmente por meio de 5 etapas principais: atração, conversão, relacionamento, venda e análise. Atualmente, com a comunicação essencialmente feita pela internet, todas as empresas devem estar por dentro dessas estratégias – inclusive as de TI. Confira, a seguir, os principais motivos para uma empresa de tecnologia investir nessa estratégia.

1- A comunicação está na internet e de cara nova

Que o mundo inteiro está mais digital a cada dia, isso todos sabemos e percebemos nas mudanças do cotidiano. Mas, o que levaria empresas de tecnologia a investirem em Inbound Marketing, sendo que já compõem o segmento digital de certa forma? Ora, não apenas a comunicação está na internet, mas ganhou uma nova cara. Os clientes que antes eram alvo fácil do marketing tradicional e agressivo cedem espaço a um novo perfil, que está atrás de conteúdos customizados e tem pouco tempo a perder – ainda mais com propaganda. Por isso, esse novo perfil de cliente só é atraído por conteúdos que lhe proporcionem uma experiência nova. E as empresas que não se adequarem à nova demanda podem perder uma grande fatia do mercado hoje e passarem por sérios problemas amanhã. Veja aqui O que Mudou no Novo Consumidor da Era Digital.

2- Marketing com custo zero

Parece um milagre, mas a era da internet trouxe consigo uma nova visão sobre a comunicação de forma acessível e democrática. Se antes as empresas de tecnologia gastavam quantias significativas com marketing, hoje podem adotar estratégias inteligentes que não envolvem custos. O uso de blogs para geração de conteúdo atrativo, técnicas de SEO (otimização de buscas por palavra-chave) e redes sociais podem ajudar a atrair novos clientes, ampliar o público da empresa e estabelecer a marca como referência no mercado. Basta observar a quantidade de compartilhamentos de alguns conteúdos no Facebook para constatar o potencial imenso desse tipo de ferramenta.

 

 

3- Construção de relacionamentos duradouros

Não basta atrair um cliente, é preciso fidelizá-lo. Seja para compartilhar conteúdos da sua empresa ou para comprar um produto ou serviço, o cliente só fará isso se tiver algum benefício em troca. Além dos conteúdos educativos, que compõem a chamada oferta indireta, os internautas podem usufruir de testes, softwares gratuitos e pedidos de orçamento – as ofertas diretas. Assim, também podem oferecer informações para a criação de um banco de dados consistente de clientes em potencial. Espaços para a troca de ideias, a exemplo dos comentários em blogs ou mesmo nas redes sociais, aproximam o cliente da empresa e ajudam a construir um relacionamento a longo prazo.

4- Ações mensuráveis

Um dos pontos mais positivos para quem investe em estratégias de Inbound Marketing é poder mensurar as ações elaboradas. Aliás, esse é um ponto fundamental para o andamento da estratégia em si, pois integra a última etapa. Mas como se daria essa mensuração? Ferramentas como o Google Analytics oferecem números relacionados às visitas diárias em cada página, análise de redes sociais, publicidade e relatórios que integram esses dados. A partir das medidas, é possível criar novas estratégias ou reelaborar as que já existem.

5- Conteúdos consistentes estimulam mercado

Com a produção de conteúdo significativo que ficará disponível na web, mais pessoas podem se informar em relação às empresas de tecnologia. Dessa forma, os que hoje são apenas leitores amanhã podem ser tornar clientes. É um ciclo ininterrupto. E as empresas que tomam a dianteira nesse processo se tornam referência, criando uma marca mais forte no mercado. Crie um blog para sua empresa, e centralize nele todos os seus conteúdos.

Gostou das dicas? Compartilhe!